LARANJA AMARGA (Citrus aurantium) COMO COADJUVANTE NO TRATAMENTO DA OBESIDADE.

Thayse Wilma Nogueira de Oliveira, Sabrina Almondes Teixeira, Victor Alves de Oliveira, Andressa Nathanna Castro, Monyque Rodrigues Martins, Stella Regina Arcanjo Medeiros

Resumo


Este trabalho teve por objetivo pesquisar na literatura informações que demonstrem a eficácia da laranja amarga (Citrus aurantium) como coadjuvante no tratamento da obesidade. Para isto, realizou-se pesquisa bibliográfica integrativa nos bancos de dados online, utilizando os seguintes termos e combinações entre eles, bem como suas correspondências em inglês: “Fitoterápicos na obesidade”, “Citrus aurantium”, “laranja amarga”, “Citrus aurantium e obesidade”. A partir disto, foram selecionados 43 artigos científicos publicados em periódicos, nos últimos dez anos, a fim de compor a base teórica deste artigo. O Citrus aurantium ou laranja amarga é uma planta utilizada na medicina tradicional chinesa, rica em flavonoides e alcaloides, como a sinefrina. Esta é a principal responsável pelo efeito antiobesidade da laranja amarga, por aumentar o metabolismo e a lipólise e reduzir a motilidade gástrica, tudo através da estimulação dos receptores β-3 adrenérgicos, o que pode culminar na perda de peso. Porém, alguns estudos ainda apresentam resultados contraditórios sobre a redução do peso. Com relação a sua segurança, foi evidenciado que a mesma não apresenta toxicidade em doses elevadas, no entanto, pesquisadores alertam sobre possíveis efeitos negativos sobre o sistema cardiovascular quando associado a outros compostos, como cafeína. Portanto, pôde-se constatar que o produto possui substâncias capazes de agir sobre o metabolismo do indivíduo, auxiliando de forma eficaz no tratamento da obesidade, sem toxicidade relevante quando empregado de forma isolada. Porém, é necessária a realização de mais estudos que comprovem seus benefícios em longo prazo. 


Palavras-chave


Fitoterapia. Citrus aurantium. Sinefrina. Perda de peso.

Texto completo: PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.